Quando você diz sim, mas suas emoções diz não

Para que serve as emoções? Você já se perguntou por que se tem falado tanto de pesquisas sobre nossas emoções? Porque devemos cuidar da nossa saúde emocional?

Quantas vezes eu não consegui dar um passo mesmo tendo vontade de faze-lo, não percebia porque, até reconhecer a necessidade de compreender minhas emoções e digo como isto fez a diferença para dar o próximo passo rumo ao meu sonho.

Estudando para escrever este artigo, achei essa história que reflete bem isso, como queremos fazer algo, mas nossas emoções não deixam.

Adubo Consumidor_300px

Numa tarde quente de Agosto de 1963, no mesmo dia em que o reverendo Martin Luther King fez o seu discurso “Tenho um Sonho” durante a manifestação a favor dos direitos cívicos em Washington, Richard Robles, decidiu fazer mais um.

Robles saiu dizendo que queria mudar de vida e prometia que não queria mais esta vida, mas se viu desesperado ao ver a namorada e uma filha de três anos passando fome, quando se viu estava dentro de uma casa cometendo mais um roubo e dizendo para si próprio que era o último e foi mesmo.

Ele não queria mais esta vida

O apartamento que assaltou neste dia pertencia a duas jovens, a jornalista Janice de vinte e um anos e a professora primária Emily de vinte e três anos. Richard Robles tinha o escolhido por pensar que não estaria lá ninguém, mas Janice encontrava-se em casa. Ameaçando-a com uma faca, Robles amarrou-a. Quando se preparava para sair, apareceu Emily. A fim de garantir a sua fuga, Robles tratou amarrá-la também.

Tal como Robles contou a história mais tarde, enquanto estava a amarrar Emily, Janice avisou-o de que não escaparia impune daquele crime: havia de lembrar-se da cara dele e ajudar a polícia a prende-lo. Robles que prometera a si próprio que aquele seria o último assalto, entrou em pânico ao ouvir isto, perdendo completamente o controle, dominado pela raiva e pelo medo e num ato impensável acabou tirando a vida de Janice e Emily.

Jardineiro_Assinatura_2

Recordando aquele momento cerca de vinte e cinco anos mais tarde. Robles na prisão lamentou: Fiquei completamente doido. Foi como se a minha cabeça tivesse explodido.

Quantas vezes já tivemos vontade de ter uma atitude diferente da que estamos acostumados a ter, mas as nossas emoções nos levam para outro caminho.

Não é de hoje que se fala como nossas emoções podem nos levar a grandes vitórias, como também pode simplesmente nos levar pro fundo do poço.

Estás palavras de Van Gogh ditas em 1880 reflete bem isto:

Meu caro, não esqueçamos que as pequenas emoções são os grandes capitães das nossas vidas e a esse obedecemos sem saber.

Estudos já são feito a muitas décadas, por exemplo:

Nos anos 70, Richard Bandler e John Grinder criaram a ideia de que as pessoas constroem representações mentais. Com isto estudando as pessoas criaram o conceito da Programação NeurolinguÍstica, conhecido como PNL, que consiste em desenvolver padrões de comportamento.

Em 1990, Salovey e Mayer publicou um estudo sublinhando a mais-valia das emoções para a perspicácia, logo, a sua importância no pensamento racional. Mas foi em 1995 com a publicação do livro Inteligência Emocional de Daniel Goleman que se tornou mais publico a importância das emoções na nossa vida.

A importância da inteligência emocional no nosso dia-a-dia

Este blog nasceu  com uma missão de ajudar as pessoas a terem uma vida simples e abundante, no qual se vai basear no tripé, ou poderíamos chamar também de três pessoas em uma, ou coisas diferentes e de certa forma ligadas:

Espiritual, Emocional e financeiro. Espiritual - Emocional - Financeiro

Eu tive e tenho uma grande luta com meu emocional, vou falar sobre isto num vídeo que estou preparando onde vou contar como consegui ter o controle das minhas emoções e com isto usar a inteligência emocional como uma ferramenta para ter uma vida extraordinária.

Mas o que seria inteligência emocional? Entende-se que a inteligência emocional é o conjunto de mecanismos mentais necessários à resolução de problemas e à gestão de comportamentos, isto é, a habilidade que o individuo tem para identificar , utilizar, compreender e regular as emoções em si próprio e nos outros.

Isto para dizer que se quisermos realizar nossos sonhos, ter  um ambiente saudável  dentro da nossa casa e também no nosso local de trabalho, temos que saber lidar como nossas emoções, mas também compreender o emocional das pessoas mais próximas.

Adubo Espiritual_300px

Não é uma tarefa fácil compreender o comportamento de outras pessoas, mas é possível, é quando você conseguir ter o controle do seu emocional vai ter possibilidades de desfrutar de sentimentos que vai fazer você a chegar a outro nível na sua vida.

Convido você a mergulhar no seu mundo emocional e fazer um inventario mental, verificar se o que tem guardado dentro de você tem ajudado a ser uma pessoa melhor ou está contribuindo para ser uma pessoa triste e sem perspectiva de vida abundante.

Grande abraço a todos e não perca os próximos artigos, tem muita coisa interessante e quem sabe não tem uma palavra, uma frase que pode mudar o rumo da sua vida.

 Não podemos esquecer nosso grito de guerra:

Eu posso, eu quero, eu vou ser feliz!

E então, o que achou? Escreva seu comentário logo mais abaixo e por gentileza compartilhe este post na sua rede social favorita.

Adilson Silva
Um Jardinheiro sonhador que decidiu mudar o rumo da sua vida ao mesmo tempo em que também muda a vida de outros mostrando como ter uma vida equilibrada e apaixonante.

2 comments on “Quando você diz sim, mas suas emoções diz não”

  1. albertina disse:

    Gostei muito de ler a dissertação sobre a inteligência emocional. De facto o mundo das emoções é muito vasto e misterioso…a forma como somos comandados por elas é impressionante…mas também a forma como as podemos aproveitar em nosso benefício é surpreendente!!! Parabéns!!!

    1. Adilson Silva Adilson Silva disse:

      Obrigado Albertina por acrescentar e valorizar um tema que é pouco aproveitado. Eu quero ajudar as pessoas a descobrirem o potencial de usar o poder das emoções. Grande abraço e muitas bênção de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *